MEMÓRIAS

Henri Cartier-Bresson, um dos fotógrafos mais influente do século XX, intitulado por muitos como pai do fotojornalismo, nasceu na França em 1908. Em 1932, com 24 anos de idade, o francês adquiriu uma câmera fotográfica e transformou para sempre seu interesse casual pela fotografia. Nos anos seguintes, Bresson ficou conhecido pelas criações de uma das mais originais e influentes narrativas visuais da história. A descoberta de novas formas de composições, enquadramentos e extensões da imagem que aprimorou, são resultados de suas experiências na Academia de André Lhote, famoso escultor e crítico de arte na década de 1920, das amizades com percussores do surrealismo, como Max Ernst, e de viagens pela Europa e África. Nessas jornadas, passava os dias flanando em busca de casualidade de cenas impensáveis que via no cotidiano. Morreu em 2004, aos 95 anos de idade de causas naturais